HCB completa 7 anos com 3 milhões de atendimentos, amplia o número de leitos e faz primeiro Congresso

O aniversário de sete anos do Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) é comemorado com marcos para o atendimento de crianças e adolescentes com doenças complexas no Distrito Federal. No dia 23 de novembro, Dia Nacional de Combate ao Câncer Infanto-juvenil, o Hospital completa três milhões de atendimentos e amplia a sua capacidade de internação. O HCB e o Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (Icipe) também promovem o primeiro Congresso Brasileiro da Criança com Condições Complexas de Saúde.

A cerimônia do aniversário será na sexta-feira (23/11/18), no hall do HCB, às 10h. A ativação dos novos leitos começou na segunda-feira (19/11/18) e a abertura do Congresso está marcada para (21/11/18), às 18h, no novo auditório do Hospital.

Ativação de novos leitos na nova Unidade de Internação

O HCB começou a ativar sua nova Unidade de Internação; já são 70 leitos: 30 de oncohematologia, 30 para outras especialidades e 10 de UTI. Os primeiros novos pacientes são crianças e adolescentes que estavam internados no Instituto Hospital de Base (IHBDF). Os pacientes da UTI do IHBDF precisarão receber alta e seguir para a internação antes de serem transferidos para o HCB. A ativação de todos os 202 leitos da nova Unidade segue um cronograma com etapas bem definidas e foco na garantia da segurança do paciente.

Três milhões de atendimentos com qualidade certificada

Além da ativação dos leitos, o HCB comemora, no aniversário, a marca de três milhões de atendimentos realizados desde sua inauguração. Durante estes sete anos em que foi gerido pelo Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (Icipe), o Hospital realizou mais de 487 mil consultas e mais de um milhão e 800 exames laboratoriais. Além disso, foram realizadas 72.948 diárias de internação e de hospital-dia, 45.386 sessões de quimioterapia, 20.910 transfusões de sangue, 9.173 cirurgias ambulatoriais, 15.713 ecocardiogramas, 39.986 exames de raio X, 22.046 tomografias e 30.009 exames de ultrassom.

Com a gestão do Icipe, o HCB alcançou, em junho de 2018, o certificado de acreditação hospitalar da Organização Nacional de Acreditação (ONA). Depois de passar por avaliação conduzida pelo Instituto Brasileiro de Excelência em Saúde (Ibes) – instituição credenciada pela ONA para realizar este processo –, o Hospital recebeu o primeiro nível de acreditação, referente à segurança do paciente.

Com a certificação, o HCB se tornou o primeiro hospital público no Distrito Federal e o primeiro hospital pediátrico da região Centro-Oeste a alcançar a acreditação. Em todo o Brasil, apenas 316 dos hospitais possuem um dos níveis de certificação – no DF, outros 11 hospitais já receberam o selo da ONA.

O primeiro Congresso Brasileiro da Criança com Condições Complexas de Saúde

O aniversário do HCB também é marcado, além dos novos leitos e dos atendimentos realizados, pela realização do primeiro Congresso Brasileiro da Criança com Condições Complexas de Saúde, que acontecerá de quarta a sexta-feira (21 a 23/11/18) no próprio Hospital. Organizado pelo Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (Icipe), o evento reforça o compromisso, tanto do Icipe quanto do HCB, com o estímulo ao ensino e à pesquisa.

Mais de 30 palestrantes já confirmaram presença no evento. Entre eles, a presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Luciana Rodrigues, e o presidente do Instituto Edumed para Educação em Medicina e Saúde e professor adjunto da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Renato Sabbatini. Os dois participarão da abertura do Congresso, na quarta-feira (21/11/18), com conferências sobre o papel do pediatra no Brasil e o uso de tecnologia para a saúde da criança.

Ao longo do Congresso, serão realizadas conferências sobre pesquisa translacional, com a médica do Hospital Moinhos de Vento (Porto Alegre, RS) Themis Silveira; e sobre promoção de qualidade de vida, com o professor titular de Neurologia da Unicamp e da Educational Network Lean Advancement Initiative do Massachusetts Institute of Technology (MIT), Li Li Min.

Temas como inteligência artificial, robótica e genômica serão abordadas em conferências ministradas pelo diretor do Centro de Diagnóstico por Imagem do Instituto de Oncologia Pediátrica do Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (Graacc) e professor titular de radiologia da Unifesp, Henrique Lederman; pelo coordenador do Centro de Investigação em Pediatria (Ciped) da Unicamp, José Dirceu Ribeiro, e pelo coordenador de neurocirurgia do HCB, Benício Oton de Lima. Com foco na inteligência artificial, o médico Guilherme Salgado – da empresa Kunumi, que trabalha com este tipo de tecnologia – falará sobre mitos e verdades no tratamento de doenças complexas na pediatria.

A programação científica também inclui participantes internacionais. O médico espanhol Guillermo Chantada, vice-presidente da Sociedade Latino-Americana de Oncologia Pediátrica, contará a experiência do Hospital San Joan de Deu com atenção integral. Hannah Kupper, diretora do International Center for Evidence in Disability, da London School of Hygiene and Tropical Diseases, participará do evento por videoconferência, para discorrer sobre as necessidades e desafios das crianças com deficiência.

Na programação do dia 21 ainda constam cinco minicursos sobre a comunicação de notícias difíceis e amenização da dor, entre outros temas, assim como simpósios sobre cuidados paliativos, tratamento de epilepsia e os desafios da atenção integral.

O Congresso é voltado a profissionais de saúde de diversas especialidades, assim como estudantes, além de incluir usuários do HCB e representantes de setores sociais que se relacionem com a temática abordada. São esperados cerca de 400 participantes e a programação completa está disponível no site: http://www.congresso.hcb.org.br.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *